Breno G. de Oliveira

Desenvolvimento de Aplicativos Catalyst com Padre
Publicado em 01/01/2010

Desenvolvimento de Aplicativos Catalyst com Padre

Este último ano foi regado de novidades! Do Catalyst usando Moose a toda a atenção que Perl ganhou com o Desafio Iron Man além de muitos novos designs bacanas, a comunidade Perl no mundo todo nunca esteve tão integrada, e programar nunca foi tão fácil e divertido.

Um dos projetos que realmente se destacaram foi o Padre, a IDE Perl. E na edição de hoje do Calendário de Equinócio vamos aprender um pouco mais sobre o Padre e como ele pode ser usado para criarmos aplicações web em nosso framework favorito :)

O que é o Padre?

Padre é um ambiente de desenvolvimento integrado (IDE, do inglês Integrated Development Environment) escrito em Perl e feito especialmente para auxiliar desenvolvimento em Perl, de pequenos scripts de iniciantes a aplicativos complexos.

Padre logo

Apesar do Padre ser em si um aplicativo bastante novo, está crescendo e evoluindo a uma velocidade impressionante. Já temos mais de 50 versões lançadas e mais de 10 mil commits pelos 55 desenvolvedores espalhados por todo o mundo, e esses números não param de crescer (duvida? compare com os números da versão original deste artigo, de apenas 2 meses atrás).

O Padre foi criado por Gábor Szabó para auxiliar iniciantes em Perl e pessoas que se sentem mais confortáveis trabalhando longe do terminal, em uma IDE completa disponível em todos os principais sistemas operacionais do mercado - incluindo pacotes pré-compilados para Windows, MacOS X e Linux.

Padre suporta detalhamento de Classes e criação rápida de módulos, é totalmente integrado à documentação Perl em seu sistema e ao CPAN, e oferece ainda uma série de opções de refatoração de código como renomear variáveis lexicalmente e extrair subrotinas. Mesmo que você seja um experiente usuário do vim ou Emacs, vale a pena conferir! De fato, uma das principais características do Padre é que, por ser escrito em Perl 5, permite que você facilmente extenda e corrija sua IDE sempre que encontrar algo que sente falta ou não gosta. Outra grande vantagem para desenvolvedores é a possibilidade de adicionar ainda mais funcionalidades ao Padre através de seu poderoso sistema de plugins.

E foi exatamente isso que fizemos :-)

Apresentando o Padre::Plugin::Catalyst

Padre::Plugin::Catalyst integra o desenvolvimento de aplicativos Catalyst com o Padre, aprimorando ainda mais (esperamos!) a experiência do desenvolvedor.

O Plugin Catalyst para o Padre, em toda sua glória

O plugin do Catalyst está disponível em mais de 10 idiomas (obrigado, pessoal!), incluindo suporte oficial ao Português Brasileiro - então não há desculpas para não experimentá-lo :)

Instalação

   cpan> install Padre::Plugin::Catalyst

Se você já tem o Padre e o Catalyst::Devel instalados, o processo de instalação do plugin deve correr tranquilamente. Caso contrário, você pode querer dar uma olhada nas Instruções de instalação do Padre para seu sistema (que, como mencionado anteriormente, contém pacotes prontos para Windows, Linux e MacOS X), uma vez que a instalação de pacotes de desenvolvimento do wxWidgets pode ocasionalmente tornar-se complicada.

Uma vez instalado, rode o Padre e escolha "Plugins->Gerenciador de Plugins" na barra de menu. Uma janela aparecerá com uma lista de todos os plugins instalados em seu sistema, incluindo o nosso, com uma versão miniatura do logo do Catalyst.

Gerenciador de Plugins do Padre

Para ativar o plugin do Catalyst basta um duplo clique nele, ou selecioná-lo e clicar no botão "Ativar" da janela do Gerenciador de Plugins.

O que podemos fazer com ele?

A primeira coisa que você notará após ativar o plugin do Catalyst é o novo painel "Servidor Desenv. Catalyst" na parte de baixo da janela principal do Padre - provavelmente ao lado da aba "Saída".

O painel permite que você ative/desative o servidor web de desenvolvimento de seu aplicativo e monitore sua saída. Você pode ainda marcar a caixa "auto-reiniciar" para que o servidor de desenvolvimento seja reiniciado sempre que arquivos do projeto forem modificados (o equivalente à opção -r do servidor de desenvolvimento de sua aplicação).

Note também a nova opção de menu "Catalyst", dentro do menu "Plugins". Esse menu permite que você crie e manipule seus aplicativos Catalyst, oferecendo ainda acesso rápido à extensa documentação online do framework.

Menu do Plugin Catalyst para o Padre

As seguintes opções estão disponíveis no menu:

Novo Aplicativo Catalyst

Como o próprio nome denuncia, essa opção permite que você crie um novo aplicativo Catalyst em um diretório a sua escolha. Fique de olho no painel Saída do Padre, pois todas as informações a respeito da criação do novo projeto aparecerão por lá.

Criando um novo aplicativo

Criar um novo...

Nota: As opções abaixo só estarão disponíveis se o documento ativo pertence a um projeto Catalyst.

Os módulos auxiliares do Catalyst permitem a criação automática de esqueletos para os componentes MVC de seu aplicativo. Através deste menu você pode não apenas escolher o nome de seu novo componente como também seu tipo. Por exemplo, ao escolher a criação de uma nova Vista (View), o tipo "TT" aparecerá como opção caso você tenha o módulo Catalyst::Helper::View::TT instalado.

Os componentes disponíveis são:

* Modelo
* Vista
* Controlador
criando um novo Modelo para nosso aplicativo

'Iniciar/Parar Servidor Web'

Assim como o botão no painel "Servidor Desenv. Catalyst", essas duas opções permitem controlar o servidor de desenvolvimento de sua aplicação.

'Atualizar Script da Aplicação'

Se, ao ativar o servidor de desenvolvimento, o painel do Catalyst acusar que você está executando um script antigo, você pode usar essa opção para atualizar os scripts de seu aplicativo. Mensagens informacionais a respeito das modificações feitas serão enviadas diretamente ao painel de Saída do Padre.

'Referências Online do Catalyst'

Caso esteja começando no mundo Catalyst, esse menu será particularmente útil. Através dele você não só ganha acesso rápido a diversas referências online e documentação do Catalyst (icluindo um excelente tutorial em inglês) como possui um item chamado "Suporte Online da Comunidade Catalyst", que apontará seu navegador Web padrão para uma interface IRC conectada diretamente ao canal #catalyst em irc.perl.org, onde você pode fazer sua pergunta para humanos de verdade que estejam por lá, incluindo muitos dos principais desenvolvedores do framework. Nota: por tratar-se de um canal internacional com pessoas do mundo todo, só são admitidas mensagens em inglês. Para ajuda em português, entre em um dos diversos canais brasileiros como o #rio-pm, #sao-paulo.pm ou #brasil-pm.

Item dinâmico do menu de contexto: 'Abrir Template'

a nova opção 'Abrir Template' aparece no menu de contexto do documento

A medida em que o plugin Catalyst começa a expandir seus horizontes e explorar o documento aberto, surge uma nova habilidade: se sua Action define um template, clicar com o botão direito na linha em que ela está definida habilitará a opção "Abrir Template", que abrirá o arquivo de template automaticamente para você.

Ao infinito... e além!

Mesmo sendo muito novo, o plugin Catalyst para o Padre já mostra um grande potencial. Combinando o poder de uma IDE como o Padre ao seu processo de desenvolvimento web com Catalyst certamente trará resultados incríveis.

Dito isso, sua ajuda é muito bem-vinda! Experimente o Padre e o Plugin do Catalyst e nos diga o que mais gostou, o que detestou, o que sentiu falta, e o que mais puder imaginar para auxiliar o desenvolvimento Catalyst dentro do Padre. Relatórios de problemas e lista de desejos são sempre bons - patches mais ainda!

O Padre::Plugin::Catalyst é desenvolvido no repositório principal do Padre, e estamos todos no #padre (irc.perl.org), então dê um pulo por lá e nos diga o que achou. Caso não se sinta confortável com o inglês, pode nos procurar nos canais nacionais como #brasil-pm, #rio-pm e #sao-paulo.pm, todos também em irc.perl.org.

Bem, por hoje é só pe-pe-pessoal. Espero que tenham gostado :-)

Tenham todos um ótimo equinócio, aproveitem o calendário e divirtam-se!

AUTHOR

Breno G. de Oliveira <garu@cpan.org>

Traduzido e adaptado para o português por Breno G. de Oliveira a partir do original em inglês.

blog comments powered by Disqus